Agroindústria familiar: A importância da gestão e profissionalização

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A agroindústria familiar é responsável por uma parcela considerável da produção de alimentos consumidos no Brasil.

A fim de garantir a sustentabilidade da agroindústria familiar brasileira, a gestão e a profissionalização do setor são fundamentais.

Cenário da agroindústria familiar no Brasil

Segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a agricultura familiar no Brasil corresponde a 77% dos estabelecimentos agrícolas do país.

O percentual representa 23% da área total dos estabelecimentos agropecuários brasileiros.

De acordo com dados de 2017, o segmento responde por valores importantes para o abastecimento da mesa das famílias brasileiras.

A participação da agricultura familiar representa:

  • 48% do valor da produção de café e banana;
  • 80% do valor de produção da mandioca;
  • 69% do abacaxi;
  • 42% da produção do feijão.

A agroindústria familiar participa do dia-a-dia de milhares de residências e comércios brasileiros, direta e indiretamente

Tanto como abastecimento de mercados e estabelecimentos comerciais, e também como meio econômico para muitas famílias que vivem da produção rural.

Entretanto, são muitas as dificuldades enfrentadas pela agroindústria familiar no Brasil, como a falta de administração profissional, gestão financeira e marketing, por exemplo.

Especialistas apontam que essas dificuldades impedem a competição igualitária entre produtores da agroindústria familiar e das grandes empresas.

Entre as demandas que dificultam a concorrência, estão:

  • O difícil acesso ao crédito;
  • Dificuldade de obtenção de registros junto aos órgãos;
  • A baixa Infraestrutura de suporte financeiro, contábil e técnica;
  • Ausência de condições estruturais para contratação de assistência e consultoria técnica;
  • Dificuldade do acesso à tecnologia;
  • Questões ligadas ao desenvolvimento de produtos;
  • Inovações tecnológicas;
  • Marketing e divulgação.

Em muitos casos, produtores da agroindústria familiar ainda operam na clandestinidade, já que existem grandes dificuldades para adaptarem-se a exigências diversas.

Algumas das obrigatoriedades correspondem a questões sanitárias, fiscais e previdenciárias.

A importância da profissionalização da agroindústria familiar

Sendo um dos meios mais importantes de geração de empregos e renda para milhares de pessoas, a agricultura familiar não pode deixar de existir no Brasil.

Sua importância e significância na estrutura econômica e alimentar do país merecem a valorização devida.

E para isso, é fundamental que se assegure a sustentabilidade e a permanência dessa atividade em todo o Brasil.

De acordo com dados do Sebrae (Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa), 20% das empresas brasileiras decretam falência após dois anos de operações.

Informações da Fundação Getúlio Vargas apontam que 70% das empresas rurais de porte menor não chegam à segunda geração das famílias.

Os dados foram obtidos no Grupo de Estudos de Empresas Familiares, que afirma também que menos de 10% chegam à terceira geração.

Entre os principais motivos para a consolidação desse quadro estão a falta de gestão e administração profissionais.

Pela sua importância no cenário econômico do país, o setor rural precisa garantir sua sobrevivência e seu constante crescimento.

Para isso, são indispensáveis os investimentos em capacitação profissional de qualidade, que têm a função de trazer soluções, resolver problemas e transformar situações adversas.

São muitas as divisões e subdivisões da agroindústria familiar que merecem intervenção.

Entre as principais áreas que merecem destaque, listamos:

  • Gestão de pessoas
  • Finanças
  • Mercadológica
  • Produção
  • Recursos tecnológicos

Todos esses setores devem ser analisados de maneira interdependente, com a compreensão de que todos são igualmente relevantes na gestão.

Para um maior entendimento sobre os aspectos que envolvem essas áreas, vamos analisar, pormenorizadamente, cada uma delas.

Gestão de pessoas

Não existe um propósito maior para uma empresa que prestar serviço ou oferecer algo a alguém.

Toda empresa é feita de gente, e para gente, e do início ao fim de todos os processos, as pessoas são a parte mais importante de todo negócio.

Sendo assim, é importante que os gestores e os administradores compreendam a importância da gestão de pessoas.

Um setor altamente estratégico para toda empresa, e que precisa ser tratado com atenção e zelo.

Gerir pessoas é entendido como o ato de ouvir suas demandas, sejam colaboradores, sócios, fornecedores, e todos os stakeholders.

Além disso, fornecer treinamentos e cursos de atualização, incremento salarial e outras premiações, local adequado para trabalhar, além de motivação e liderança eficiente.

Como na agroindústria familiar geralmente os membros pertencem à mesma parentela, esses fatores podem ficar esquecidos.

Entretanto, eles devem ser levados em consideração, independentemente da estrutura hierárquica e de trabalho que o negócio possuir.

A divisão de tarefas, e o partilhamento de salários e lucros são fundamentais para uma gestão eficiente e transparente.

Finanças

Como dito anteriormente, apesar de muita gente misturar família e trabalho, propriedades rurais que trabalham na agroindústria familiar não pode haver essa confusão.

Um dos focos está na divisão de tarefas, o que reflete também no pagamento de salários e na divisão de lucros da empresa.

A renda total familiar não pode ser contabilizada nas estruturas de ganhos do negócio, e por isso a gestão financeira profissional é indispensável.

A contratação de consultores, e de profissionais financeiros, empresas ou escritórios de contabilidade é fundamental.

Além de gerir de forma mais correta, visando a sustentabilidade do negócio a longo prazo, a empresa deve trabalhar com total transparência.

A transparência é um dos instrumentos garantidores aos colaboradores de que a diretoria e os gestores estão atuando com respeito e liderança ética.

A organização e o controle do fluxo de caixa são tarefas fundamentais do gestor financeiro profissional.

Esse profissional deve compreender os efeitos micro e macroeconômicos, a sazonalidade, questões climáticas e outras interferências externas que podem influenciar o negócio.

Mercadológica

O setor mercadológico é o responsável por todas as estratégias de comunicação, divulgação e inovação da empresa.

É ele que define como aquilo que está sendo produzido será comercializado e divulgado para o público.

Algumas das responsabilidades do setor mercadológico, são:

  • Pesquisas de mercado;
  • Definição do público-alvo;
  • Elaboração de estratégias de campanhas e do marketing geral;
  • Comunicação publicitária e institucional;
  • Construção das estratégias de comercialização;
  • Definição de preços.

Independentemente do que for produzido, do gênero alimentício, do setor têxtil, da perfumaria, entre outros, a área mercadológica precisa estar alinhada a todas as outras.

A inovação e o desenvolvimento de novos produtos podem colaborar para manter a empresa da agroindústria familiar competitiva em relação às grandes marcas.

Produção

A produção depende de aspectos como qualidade, padronização, seleção e processos.

A observância desses aspectos deve ser levado em consideração em todos os momentos, inclusive na divulgação do produto.

É importante fazer com que o público entenda como necessário adquirir aquilo que é oferecido.

Criar utilidade para as pessoas, desenvolver novos produtos, e, quando possível, incrementar recursos.

Essas estratégias podem ajudar a fidelizar o público e fazer aumentar a carteira de clientes do negócio da agroindústria familiar.

Para ganhar vantagem competitiva e agregar valor ao produto, o negócio precisa conhecer cada vez mais e melhor o seu público.

Uma característica interessante para isso é coletar e analisar dados, que entregam informações sobre as pessoas que adquirem o produto.

Com essas informações em mãos, o produtor pode criar produtos e desenvolver serviços específicos e personalizados para cada perfil de cliente.

Recursos tecnológicos

Os recursos tecnológicos devem ser usados para criar soluções competitivas e inovadoras, que diferenciem a empresa.

Além disso, a tecnologia pode ser utilizada para desenvolver ferramentas de pesquisa e aplicar a coleta e a interpretação de dados.

É importante analisar se existe ou não a necessidade de aquisição de equipamentos industriais modernos.

A informatização de informações, e a automação de alguns processos também podem ajudar na eficiência da produção.

Além disso, os recursos tecnológicos na agroindústria familiar colaboram com a agilidade da resposta do negócio às demandas da sociedade.

No caso da agroindústria familiar, geralmente os processos não são automatizados, e o preço elevado dos equipamentos acaba prejudicando os negócios.

Uma saída é buscar financiamentos específicos para o setor agropecuário, e investir parte dos recursos na compra de recursos tecnológicos.

Colocando a gestão profissional em prática

A descriminação de todos esses aspectos pode parecer difícil para um negócio da agroindústria familiar se adaptar.

As dificuldades encontradas neste segmento geralmente são de menor expressão ou simplesmente não estão presentes nos grandes players.

Todavia, adequar-se a esses parâmetros pode contribuir muito para a sustentabilidade e o crescimento da empresa, e a expansão de suas atividades.

Sendo assim, é importante que você tenha acompanhamento profissional e uma consultoria especializada para te ajudar nesse processo.

Acesse o site da Suck Milk, conheça as nossas soluções para a agroindústria familiar, e todas as formas de como podemos te ajudar.

Referências:
https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/agricultura-familiar/agricultura-familiar-1
https://www.unicruz.edu.br/seminario/anais/anais-2015/XX%20SEMIN%C3%81RIO%20INTERINSTITUCIONAL%202015%20-%20ANAIS/Graduacao/Graduacao%20-%20Trabalho%20Completo%20-%20Sociais%20e%20Humanidades/AGROINDUSTRIA%20FAMILIAR%20UMA%20ESTRATEGIA%20DE%20GERACAO%20DE%20RENDA.pdf

Uma resposta

  1. Muito bom essas informações sobre gestão para Agro indústria familiar , parabéns.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Assine a newsletter

Fique por dentro das novidades.

O que você está buscando?